Um Homem sem Pátria

05/04/2015 § Deixe um comentário

“- Não acha que este é o Asilo Lunático do Universo?

– Kurt, não acho que expressei uma opinião neste ou naquele sentido.

– Estamos matando este planeta como sistema de sustentação da vida com toda a orgia termodinâmica que fazemos com a energia atômica e os combustíveis fósseis e tudo mundo sabe disso e praticamente ninguém está ligando. Somos loucos a este ponto.

Acho que o sistema imunológico do planeta está tentando se livrar de nós com a AIDS e novas variedades de gripe e tuberculose e coisas do tipo. Acho que o planeta deveria se livrar de nós. Somos animais realmente terríveis. Quero dizer, aquela canção boba da Barbra Streisand, ‘People who needs people are the luckiest people in the world‘ [ ‘Pessoas que precisam de outras pessoas são as mais sortudas do mundo’] – ela está falando de canibais. Muito para comer. Sim, o planeta está tentando se livrar de nós, mas acho que é tarde demais.

E me despedi do meu amigo, desliguei o telefone e sentei-me para escrever este epitáfio: ‘A Boa Terra — poderíamos tê-la salvo, mas fomos muito medíocres e preguiçosos.”

trecho de um pequenos textos ou “microensaios” do divertido e lúcido Um Homem Sem Pátriado Kurt Vonnegut.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Um Homem sem Pátria no Felicidade estoica.

Meta

%d blogueiros gostam disto: