Didn’t Cha Know

27/02/2013 § Deixe um comentário

There will be a brighter day.

[ Feliz aniversário pra Erykah, uma das grandes mulheres da minha vida.]

Minha Mãe se Matou Sem Dizer Adeus

26/02/2013 § Deixe um comentário

“A arte é promessa utópica de reconciliação entre opostos — ela disse outro dia; aqui desta mesa-mirante me vejo de súbito no colo de minha mãe. Estamos recostados num tronco de árvore. Ela morde fatia de manga verde com sal. Bebe líquido transparente que sai de dentro do cálice. Cachaça talvez: sempre gostou dessa combinação acidificante.

Rejeito bebidas alcóolicas: trauma infantil. Mãe cambaleando pelos cômodos da casa não suscita lembranças bucólicas. Senhora decrépita abdominosa que acaba de sentar à mesa ao lado me pergunta se vale a pena viver. Ela pondera também irônica que tempo todo me pergunto se vale a pena viver. Ela pondera também irônica argumentando que durante as quatro primeiras décadas a vida não é totalmente desprezível; juventus ventus — diria mãe latinista da amiga filósofa.”

trecho de Minha Mãe se Matou Sem Dizer Adeus, do Evandro Affonso Ferreira, livro forte,  bem-escrito e cheio de tiradas incríveis, presente do Guilherme.

Eu te dedico

26/02/2013 § Deixe um comentário

eu te dedico
“À minha musa da palavra
escrita, Camila Travassos, cujos
textos são capazes de tocar
minha Alma. E cujos beijos
despertam em mim toda
a vontade de viver.

Este não é o melhor dos
livros, como eu não sou
a melhor das pessoas. Justamente
por isso, quero que
ele seja um pouquinho de
mim pra ti
Um beijo pulsante.
Jones”

dedicatória intensa, apaixonada — e safada –, como parece ter sido o amor que a inspirou, publicada no lindo Eu te dedico.

It Never Entered My Mind

25/02/2013 § Deixe um comentário

Coisa linda demais.

Perdidos

24/02/2013 § Deixe um comentário

O segundo semestre do ano passado se resumiu a uma sucessão de dias infernais, como já previsto. Com as energias focadas em sobreviver e não matar ninguém durante o processo, acabei perdendo a edição de novembro e dezembro do Suplemento Literário, que trouxe textos em homenagem aos Drummonds —  Carlos e Roberto — e ao Lúcio Cardoso, e que só peguei na última sexta.

Junto, escapou também o tumblr do Rodrigo Levino, muso incondicional que abandonou o Twitter no meio de 2012 e dizia que não teria blog.

Aos que tiverem tempo, eis a dica dos achados.

Flores e sol

24/02/2013 § Deixe um comentário

flores

Flores ao sol, delicadeza do pure…in a sense.

Trois Gymnopédies

20/02/2013 § Deixe um comentário

Lindissimas as peças do Erik Satie.

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para fevereiro, 2013 em Felicidade estoica.